sexta-feira, outubro 13, 2006

Manifestação contra a Manifestação

Após a recente manifestação de mais de 70 mil pessoas contra as políticas do governo para com a função pública, o RaioX apurou que o governo português, vai também ele levar a cabo uma manifestação, pois está farto de ser alvo das manifestações do povo.
A ideia partiu de um senhor a quem chamam Socras, mas, de inicio, a ideia era fazer uma greve. Porém quando Socras informou os ministros que iam fazer greve e passar um dia sem fazer nada, estes recusaram por já o fazerem nos restantes dias do ano.
Assim, Socras avançou com o plano de fazer uma "Manifestação contra a Manifestação".
O certame está previsto para um dia destes e será, ao que parece, num certo local a uma determinada hora. Tudo devido a não terem um local para se manifestar. "Eh, o povo quando se quer manifestar vem para a frente da Assembleia da República e manifesta, não é? É tudo muito fácil para esses tipos, eles querem é poleiro, querem ser os líderes das manifestações e depois quando lá chegam não se interessam pelos outros! Então e nós? Vamos para onde?" declarou Socras ao RaioX.
No entanto, mesmo ainda sem data e local marcado, os preparativos para a manifestação avançam a velocidade de cruzeiro. Todos os ministros, sem excepção terão aulas de "Calão e Linguagem Brejeira" dadas por Alberto João Jardim; "Colocação de Voz" dadas por Valentim Loureiro; "Troca de V's por B's e demais erros de pronuncia", aulas estas que serão ministradas a meias por José Veiga e João Pinto; e aínda "Ciências da Manifestação", comandadas por Carvalho da Silva.
Entretanto, Freitas do Amaral já pediu o seu lugar de volta. "Eu sempre gostei destas coisas das Manif's. Uma pessoa de esquerda como eu gosta destas coisas. Está-me no sangue!" afirmou Freitas, segundos antes de apagar o charro e arranjar a boina à Che Guevara.
Se o acontecimento tiver sucesso, Socras já prometeu aos ministros manifestações futuras, sempre que se justifique. Problemas como a comida da cantina do parlamento ter pouco sal ou os telefones da assembleia não darem para ligar para as linhas eróticas poderão originar novas manifestações.
Agora resta esperar que tudo esteja preparado para que possamos ouvir os ministros a cantar: "Parem com as manifertações!", "O Socras é quem manda aqui" ou " E esta m**** é toda nossa, olé!".

1 Comments:

At 00:19, Blogger Marly said...

pá, tu éds lixado! mas já dizia o Gil Vicente (não o clube, mas sim o dramaturgo): "ridendo castigat mores", i.e., a rir, castigam-se os hábitos.

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home